Na Associação Internacional de Toyota (TIA) são realizadas atividades de intercâmbio internacional como: aulas de japonês e outros idiomas, voluntariado, consultas para estrangeiros, e outras.
     
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Associação Internacional de Toyota
Toyota-shi Kozakahonmachi 1-25
Centro Industrial e Cultural 3º andar

FAX0565-33-5950
E-mail tia@hm.aitai.ne.jp
Fechado às segundas-feiras

 
 

 

 
Consultas para Estrangeiros
 
Consultas para Estrangeiros
 
  A TIA, com a cooperação da Cidade de Toyota e de vários grupos, vem se esforçando para apoiar os estrangeiros em várias áreas e contribuir para a construção de uma cidade multicultural.
Para consultas em português e chinês, haverá consultores à disposição nos dias e horários determinados.

Consultas em português
Todos os sábados e domingos das 10h às 16h

Consultas em Chinês
Todos os sábados das 9h às 12h
Todas as terças-feiras das 13h às 16 h
 
Tradução
  

1. Documentos que poderão ser aceitos
・Só serão traduzidos, documentos para serem apresentados em órgãos públicos oficiais como prefeituras, textos e papéis públicos. Não serão aceitas cartas, telegramas e textos de interesse pessoal.
・Apresentar o documento original. (Após a verificação do documento original, será feita uma fotocópia e o documento original será devolvido ao solicitante).

2. Prazo de entrega
・ Normalmente de 2 a 3 semanas. Terminada a tradução, a TIA entrará em contato com o solicitante. (O prazo varia de acordo com a disponibilidade do tradutor)

3. Taxa
・¥3600 por cada folha tamanho A4.(O valor é referente a cada folha, após a tradução)
・O valor referente à tradução(¥3600)deve ser pago no momento do pedido. Em caso de cancelamento, não haverá devolução do valor pago.
・Caso o número de folhas traduzidas ultrapasse o valor pago, a diferença deve ser paga no ato do recebimento.

4. Outros
・O pedido e o recebimento da tradução devem ser feitos pela própria pessoa.
・Favor informar o telefone e o endereço para contato, no ato da solicitação.

 
Intérprete
  
Acompanhamento de intérpretes, nos casos de consultas com órgãos relacionados à violência doméstica e tratamento de doenças graves, problemas relacionados aos direitos humanos, e em relação à assistência médica, social e de saúde.